pizzaria famiglia NIT

Famiglia: a casa onde as pizzas e as pastas são para comer em família

Leia aqui o texto de Daniel Vidal que escreveu na NIT um breve resumo da nossa história!

Nasceu em Leça do Balio, mas dá de comer a todos, estejam onde estiverem. A regra é só uma: simpatia e cozinha de conforto.
As pizzas são de massa fina e crocante.

Quem o garante é Diogo Martins, sócio-gerente de 36 anos que se apaixonou pela “microcidade” onde a pizzaria Famiglia se instalou no final de 2017. No centro empresarial de Leça do Balio, onde trabalham perto de seis mil pessoas, encontrou o sítio ideal para misturar negócios e lazer.

Antes do confinamento, durante o dia, as mesas serviam de extensão aos escritórios. À noite, surpreendentemente, o espaço ficava ainda mais movimentado.

“Temos o dobro do movimento. Isto é uma espécie de condomínio fechado onde as famílias trazem os filhos, que podem brincar lá fora à vontade e em segurança, algo que não acontece noutros locais”, explica à NiT.

O nome e o conceito estão intimamente ligados ao percurso de Diogo Martins, que começou como empregado de mesa, especializou-se na arte dos vinhos e evoluiu para uma posição de gestão. Passou pelo antigo Bull & Bear e depois bbGourmet, fez parte da equipa do chef Pedro Lemos — cujo restaurante tem uma estrela Michelin —, foi diretor de comida e bebida no H2Hotel e regressou para criar este novo restaurante.

“A cozinha italiana surge porque tem uma simplicidade de sabores que me dizem muito. Tem uma alegria, um entusiasmo, tem muito sabor na sua base”, confessa. É cozinha de conforto pura e dura. Da experiência passada anotou outra meta: tratar os clientes como membros da família, sempre pelo nome, nunca “como um número numa folha de Excel”.

O cuidado estende-se à carta, onde predominam três elementos: pizza, pasta e risotto. Os ingredientes de especialidade como os queijos e as burratas, vêm inevitavelmente da fonte, de Itália. O resto é trazido dos fornecedores nacionais, sempre com respeito pela sazonalidade. É também por isso que a carta é rotativa: os clássicos perduram, os pratos assentes em produtos de época vão alternando.

O risotto de abóbora assada (12,5€) — o primeiro prato a ser desenhado e o favorito de Diogo — é um desses casos. Ainda disponível, combina o típico arroz cremoso com o sabor da abóbora, bacon, queijo ricotta e rúcula. Há também uma versão de beterraba (11€), outra de cogumelos silvestres (13,5€) e de pêra e gorgonzola (12€).

Do lado das pizzas, o pormenor da massa: de inspiração romana, é fina e crocante. “É basicamente uma folha, uma tela onde desenhamos por cima com sabores e aromas. É o acompanhamento para os restantes ingredientes”, explica.

O risotto de abóbora que tem “uma legião de fãs”

Ao lado das clássicas Margherita (8,75€), Capricciosa (11€) ou Diavola (11,5€) surgem as escolhas da pizzaiola, que se adaptam aos produtos disponíveis: a Nduja (12,5€) com mozzarella, rúcula, tomate seco e a Nduja, uma salsicha picante cremosa; a de cogumelos silvestres (13,5€) ou a Zucca, com abóbora assada, alecrim e vinagrete balsâmico (13€).

A seleção fica completa com as pastas, da simples com camarã e courgette (13,5€) à eterna carbonara (10€). Do forno saem ainda canelones de vitela (12€) e lasanha de legumes assados (10,5€).

Tudo isto se serve na casa que está bastante diferente da que abriu no final de 2017. O espaço de decoração familiar e sempre em mutação cresceu, foi ganhando novas áreas e entre duas salas principais, uma esplanada e uma sala privada, conta com 180 lugares, naturalmente reduzidos devido à necessidade de distanciamento provocado pela pandemia.

Agora que nem à mesa é possível sentar-se, a Famiglia lançou toda a carta em serviço de take-away e delivery — através da Glovo, do projeto Matosinhos.Come e de entrega própria no raio de 10 quilómetros.

Para quem gosta de dar os retoques finais, há também kits de pizza para fazer tudo em casa. E, brevemente, serão lançados kits de pasta e de risotto.

Ao fim de semana está sempre disponível uma carta de brunch. E tome nota das promoções: à quinta-feira há sempre pizzas a metade do preço; e à quarta-feira, na compra de duas lasanhas de carne, a terceira é oferta.

Partilhe com os seus famigliares!